Quando pensamos em design de interiores, decoração e arquitetura, relacionamos à disposição da mobília, móveis planejados, combinação de cores, estilos e objetos decorativos minuciosamente pensados, como espelhos, quadros, vasos e tapetes. O que muitas pessoas não conhecem e não incluem em seus projetos durante a construção ou reforma, é a luminotécnica.
Tão importante quanto a disposição bela e funcional dos objetos, é a iluminação natural e artificial do ambiente. A luz artificial, em sua cor, intensidade, disposição, tempo de permanência das pessoas no ambiente, atividade que será executada no local, entre outros fatores, pode influenciar positiva ou negativamente no ambiente, aumentar ou diminuir espaços, e é por esse motivo que existem os projetos luminotécnicos.
A luminotécnica pode ser aplicada tanto em espaços internos como externos, em casas, comércios, empresas, instituições de ensino ou qualquer outro lugar, pois a iluminação correta pode influenciar a todos, no humor, sentimentos, concentração, conforto, produtividade e até saúde. Uma escola ou faculdade, por exemplo, não deve possuir lâmpadas incandescentes amareladas. Além de ser confortável aos olhos, causando sonolência, pode ser cansativa em longos períodos e até aumentar a temperatura do ambiente. O ideal para um espaço de aprendizado é a iluminação branca que estimula a atenção e dá mais clareza à visão.
Com isso em mente, para pensar a iluminação dos espaços, um dos fatores a se considerar no projeto é a cor das luzes. As amarelas trazem conforto aos olhos, portanto são indicadas para salas e quartos, locais nos quais o indivíduo pretende descansar. As luzes brancas são indicadas para ambientes que requerem atenção e concentração, como escritórios, escolas e cozinhas. Já as neutras devem ser pensadas para locais que precisam de fidelidade à cor dos objetos iluminados, como salões de beleza, ateliês e museus.

Um projeto luminotécnico também prevê a intensidade, fluxo luminoso e a iluminância, ou seja, a quantidade de luz emitida e em qual direção. Essas determinações podem resultar em iluminação dispersa, que ilumina todo o cômodo, ou focada, para iluminar pontos específicos. Essa finalidade é usada tanto em fachadas, nas quais a luz é voltada para elementos como letreiros, janelas e jardins, quanto em ambientes internos, focadas em quadros, detalhes na parede, mesas e qualquer outro ponto de preferência.
Nesses aspectos, as combinações de diferentes tipos de luzes são muito bem-vindas. As sancas de gesso, muito utilizadas em projetos arquitetônicos, casam com fitas luminosas que dissipam luz por todo o teto e trazem iluminação suave para o ambiente. Em uma sala de jantar, essas fitas podem ser combinadas com uma fonte de luz sobre a mesa, ou spots no contorno das sancas, para se obter luz complementar. Num quarto, pontos de luz podem ser usados atrás de cabeceiras e espelhos para efeitos distintos, ainda mais se complementados com dimmers que controlam a intensidade da luz.
Saiba que a base de um projeto deve conter a planta do lugar, os pontos elétricos e as especificações de cada lâmpada, luminária ou qualquer outro emissor de luz. Num projeto completo, você pode desenhar os ambientes em diferentes perspectivas e detalhes para simular o local pronto, além de incluir na planta outros pontos como de telefone e som.
E não é apenas para adequar intensidade, cores e o foco da iluminação que a luminotécnica foi desenvolvida. Seu outro papel crucial é o de promover todas essas melhorias com o menor consumo de energia elétrica possível. É por esse motivo que as lâmpadas LED estão sempre incluídas nos projetos luminotécnicos. O consumo de energia elétrica do LED é até 90% menor que lâmpadas convencionais, não emitem calor para o ambiente e duram muito mais anos.

Para quem planeja fazer uma reforma ou está construindo, a loja online Iluminim é especializada em lâmpadas LED e é possível aproveitar a facilidade de receber os produtos em casa, embalados com tecnologia para que a mercadoria não quebre durante o transporte. Você pode acessar o site da loja neste endereço http://www.iluminim.com.br e conferir diversos modelos de lâmpadas de LED que fazem parte dos projetos luminotécnicos, como as fitas LED, os spots, plafons e refletores.
Por fim, considere criar um projeto luminotécnico para garantir funcionalidade, economia, beleza e bem-estar em sua casa ou empresa. Ele pode, e deve, seguir os seus gostos e vale conversar com um especialista no assunto para tirar o melhor proveito da luminotécnica, entendendo a finalidade do ambiente e conciliando a luz e arquitetura.

Sobre a Iluminim

A Iluminim está há 6 anos no mercado oferecendo soluções de iluminação com especialização em lâmpadas de LED. Já atendeu mais de 50 mil clientes através de seus centros de distribuição localizados em São Paulo-SP e Porto Alegre-RS e apresenta como diferencial competitivo o envio da compra num prazo máximo de 24 horas e garantias estendidas. A empresa trabalha apenas com produtos certificados internacionalmente e fabricados dentro das normas ISO.