A exposição "Múltiplo Leminski" chega a Maringá, no Teatro Calil Haddad, nesta quinta-feira (8). A mostra itinerante, que tem entrada grátis e permanece até 24 de setembro, reúne mais de mil itens que passam a limpo a trajetória do escritor curitibano Paulo Leminski (1944-1998), entre manuscritos, objetos pessoais, livros, pinturas e filmes.

Leminskianos terão agenda cheia especialmente em 24 de agosto, quando haverá visita guiada à exposição com a ex-esposa do autor, a escritora Alice Ruiz. No mesmo dia, José Miguel Wisnick, escritor, letrista e professor de literatura da USP fará palestra sobre o poeta na Casa da Cultura, no Jardim Alvorada. Visita e palestra serão grátis.

Ainda no dia 24, a filha do escritor, a cantora Estrela Leminski, subirá ao palco do Calil para interpretar canções compostas pelo pai. Ela estará acompanhada por um baterista, dois guitarristas e um baixista. O valor do ingresso, segundo Téo Ruiz, marido de Estrela, será divulgado em breve. "Talvez seja cobrado algo simbólico, como R$ 5", adianta.

Raridades

O público terá a chance de estar cara a cara com algumas preciosidades do poeta paranaense. Entre os objetos que compõem o acervo estão a escrivaninha e a máquina de escrever de Leminski, poemas escritos em guardanapos, originais manuscritos e datilografados, além de livros escritos e traduzidos por ele e de obras que faziam parte da sua biblioteca, como dicionários de várias línguas, recortes de jornais, entrevistas, cartas e HQs.

"Múltiplo Leminski", a maior mostra já realizada sobre o escritor no País, já passou por sete capitais e foi vista por cerca de 500 mil pessoas - em Maringá, a previsão é de que seis mil pessoas vejam a mostra. A curadoria é de Alice Ruiz e das filhas do poeta, Aurea e Estrela Leminski. Dividida em vários espaços, as instalações abordam as diversas facetas do artista, que foi músico, compositor, tradutor, ensaísta e publicitário, além de poeta.

Voz consagrada

Ícone da literatura brasileira, Leminski teve sua obra poética reunida no volume "Toda Poesia" (Cia das Letras), que entrou nas listas dos best-sellers em 2013. Seus versos exploram a gíria, o palavrão, o humor e a dicção urbana. Romances como "Catatau" (1976), "Agora É que São Elas" (1984) e "Metaformose" (1994) misturam gêneros literários, problematizando os limites da poesia e da prosa. O poeta morreu precocemente aos 47 anos, em junho de 1987, em decorrência de uma cirrose hepática.

MÚLTIPLO LEMINSKI
O quê mostra itinerante
Até 24 de setembro
Horários segunda a sexta: 9h às 17h. Sábado e domingo: 14h às 18h
Onde
Teatro Calil Haddad, avenida Luís Teixeira Mendes, 2500, Zona 5
Quanto grátis

ÁUREA LEMNISKI
O quê visita guiada
Quando 9 de junho, às 14h
Onde Calil Haddad
Quanto grátis

ESTRELA LEMINSKI
O quê show com canções de Paulo Leminski
Quando 24 de agosto, às 20h30
Onde Calil Haddad
Quanto o valor ainda não foi definido

JOSÉ MIGUEL WISNICK
O quê palestra sobre a literatura de Leminski
Quando 24 de agosto, às 17h
Onde Casa da Cultura, avenida Dona Sophia Rasgulaeff, 693, Jardim Alvorada
Quanto grátis

ALICE RUIZ
O quê visita guiada à mostra
Quando 24 de agosto, às 15h
Duração 40 mins.
Onde Calil Haddad
Quanto grátis