O publicitário e escritor José Roberto Walker e o romancista mineiro Luiz Ruffato estão confirmados para 4ª edição da Festa Literária Internacional de Maringá (Flim), prevista para os dias 26 a 29 de outubro. São os primeiros nomes garantidos pelos organizadores do evento, que estudam neste ano trocar o já tradicional show da Flim por um espetáculo teatral.

Há, ainda, uma negociação em andamento para trazer o consagrado romancista moçambicano Mia Couto e o escritor e jornalista paulista Ignácio de Loyola Brandão, que já participou da 2ª Flim e da Semana Literária do Sesc de 2012.

Escrita firme

Autor de nove romances, Luiz Ruffato é considerado um dos bons nomes da literatura brasileira contemporânea e teve obras vertidas para diversos idiomas, como o alemão, o francês, o italiano e o espanhol. "Eles Eram Muito Cavalos" (2001), seu romance mais conhecido e elogiado, foi contemplado com o Prêmio Machado de Assis, concedido pela Fundação Biblioteca Nacional, e pelo APCA (Associação Paulista de Críticos de Arte).

Esta será a segunda vez de Luiz Ruffato em Maringá. Em 2001, o autor mineiro participou de um debate no Sesc sobre "literatura e urbanidade", dentro do projeto Autores & Ideias.

Publicitário e escritor

Publicitário formado em História pela USP, José Roberto Walker é coautor dos livros “Theatro São Pedro: Resistência e Preservação”, “Sala São Paulo - Café Ferrovia e a Metrópole” e “O Presépio Napolitano de São Paulo” e “Ferrovia, Um Projeto para o Brasil”, e editou a obra “Cisne Negro - 30 anos de Dança”.

Em romance recém-lançado, "Neve na Manhã de São Paulo" (Companhia das Letras), o autor resgatou histórias protagonizadas por Oswald de Andrade em seu movimentado apartamento no centro de São Paulo, que era frequentado por artistas inquietos e geniais, como Monteiro Lobato, Guilherme de Almeida e Menotti del Picchia.

Divulgação
Luiz Ruffato: escritor mineiro confirmou participação na Flim deste ano