Os valores dos cachês a escritores da 4ª edição da Festa Literária Internacional de Maringá (Flim) variam de R$ 1.500 a R$ 3 mil.

Três mil reais é o cachê destinado às principais atrações da Flim, como o talentoso e consagrado escritor português Gonçalo M. Tavares, maior destaque da programação deste ano.

O curador Antonio Carlos Sartini e a Secretaria Municipal de Cultura (Semuc) haviam adiantado no início do ano que o tradicional show de encerramento da Flim não aconteceria nesta edição devido à falta de verba.

Há dois anos, o show de Jorge Mautner, um dos grandes nomes da música e da poesia brasileira, saiu a R$ 10 mil - o valor incluía a participação do autor em uma mesa-redonda.

Este ano, mais caro do que as letras e a música, porém, saiu a contratação do espetáculo "Caminham Nus Empoeirados", encenado por Gero Camilo e com participação de um segundo ator em cena.

Segundo o diretor de Cultura, Mateus Moscheta, que também atua como diretor de teatro na cidade, o cachê para trazer o espetáculo à Flim será de R$ 16 mil.

GERO CAMILO
Quando quinta-feira (26), às 21h
Onde Paço Municipal
Entrada grátis

Divulgação
O ator Gero Camilo, que se apresenta na Flim: cachê do espetáculo é de R$ 16 mil