O fígado é um dos órgãos mais importantes do corpo: além de limpar o sangue de substâncias tóxicas, ele funciona como um filtro de tudo o que é absorvido pelo intestino antes de chegar à corrente sanguínea. Cuidar dele é essencial para a saúde e evita, principalmente, uma doença silenciosa que pode levar à óbito: a cirrose hepática.

Segundo o Dr. Rodrigo Luz, hepatologista do CHN, ela pode ser causada por vírus das Hepatites B ou C, pelo excesso de bebida alcoólica e também pela esteatose hepática, condição que afeta em média 1/3 dos adultos e está relacionada com o excesso de peso e diabetes.

"As doenças hepáticas são perigosas porque, quando os sintomas aparecem, a doença costuma estar em estágio avançado. Alterações dos exames de sangue que avaliam o funcionamento do fígado, mesmo quando discretas, devem ser valorizadas. O acesso a exames específicos, cada vez mais precisos e menos invasivos, tem permitido o diagnóstico precoce e avanços no tratamento", diz o médico.

Essas doenças vão, aos poucos, causando lesões no fígado de forma silenciosa, que resultam em cicatrizes. Com o tempo ele vai parando de processar nutrientes, fabricar proteínas e produzir bile, afetando, inclusive, o funcionamento de outros órgãos.

Conheça alguns sintomas da cirrose hepática

- Pele amarelada, conhecida também como icterícia
- Nódulos amarelos pelo corpo
- Emagrecimento
- Inchaço no abdômen
- Fraqueza
- Mau hálito intenso

Para se proteger da doença, o ideal é adotar um estilo de vida mais saudável: optar por alimentos naturais ou com pouca gordura e açúcar e diminuir o consumo de bebida alcoólica. Vacinar-se contra a Hepatite B e se proteger contra a infecção dos outros tipos também ajuda a manter o fígado saudável. Para aqueles que tem Hepatite ou Cirrose, a melhor solução é buscar tratamento precocemente.



Website: https://www.chniteroi.com.br/