Jonas Masetti, considerado um dos grandes mestres da atualidade em Vedanta - estudo milenar do autoconhecimento - participou no dia 30 de junho na Praça da Paz, no Parque do Ibirapuera, em São Paulo, do evento Samvada - nome que se dá para a conversa entre professor e aluno. Uma conversa direta, sincera e objetiva para quem está interessado em crescer emocional e espiritualmente. Durante o encontro, que contou com a parceria da Track&Field Vila Nova Conceição, o Mestre conversou com o público sobre ‘A Arte de Lidar com as Emoções’, tema de seu atual curso online e explicou sobre o Vedanta.

Segundo o Mestre em Vedanta, a dificuldade de lidar com as próprias emoções é o que causa o sofrimento. O fato de não saber expressar o que sentem, faz com que as pessoas se enganem. Durante sua explanação sobre o tema, Jonas Masetti levantou vários aspectos de como lidar com as emoções diante de inúmeras situações, tais como no trabalho, no relacionamento amoroso, familiar, de amizade etc.

"Vivemos em um mundo doente de emoções, em que as pessoas reclamam, sentem raiva, se sentem infelizes por não concretizar seus desejos e ficam doentes tanto emocionalmente quanto fisicamente. Fazem chantagens, impõem o que julgam ser o correto. Não há certo nem errado. Cada um tem seu próprio universo, por isso o autoconhecimento é tão importante para saber dialogar, a fim de criar acordos e não regras. Para encontrarmos a felicidade e o equilíbrio emocional, é preciso que nos livremos dessas emoções destrutivas, aprendermos a dominar nossos sentimentos e que tudo pode ser resolvido de uma forma madura por meio de uma conversa sincera e acordos sem preconceitos ou regras", destacou Jonas.

Ao responder os questionamentos dos presentes, Jonas Masetti orientou como as pessoas devem encontrar respostas para suas aflições. "Meu papel não é dizer o que as pessoas devem fazer. O ensinamento do Vedanta permite que as pessoas se tornem completamente independentes e capacitadas para tomar suas próprias decisões. Portanto, cabe a mim como Mestre, passar os ensinamentos com um olhar mais profundo e crítico da realidade em que se encontra, para que ela mesma possa chegar às conclusões que almeja. Portanto, o ser humano não precisa de regras e orientações engessadas. O ser humano precisa de acordos mútuos, até porque as regras foram criadas para tirar a liberdade e a espontaneidade do momento e aprisionar os sentimentos", ressaltou o mestre.

Os presentes também puderam apreciar um momento de cantos devocionais realizados pela cantora indiana Meeta Ravindra, que junto com Jonas Masetti entoaram mantras, que permitiram a meditação. Além disso, o Mestre também conduziu uma atividade corporal inspirada nas técnicas de Yoga e Tai Chi Chuan.