O turismo rural é uma atividade recente no país, o sucesso obtido por produtores que passaram a desenvolver a oferta de serviços em suas propriedades aliada à produção primária, logo despertou interesse em outras regiões, observando-se atualmente o crescimento significativo da atividade de norte a sul. Segundo dados da Organização Mundial de Turismo (OMT), o turismo rural cresce a cada ano no país, e atualmente responde por 30% do faturamento nacional no setor. O Brasil ocupa na América latina o terceiro lugar em numeros de estabelecimentos e o segundo em numero de leitos disponíveis no campo. A Federação de convention & visitors bureau do estado do Rio de janeiro, entidade que fomenta o turismo no estado, destaca o município de Maricá como exemplo, situado à setenta quilômetros do Rio de janeiro. A noroeste do município, localiza-se o Espraiado no vale de são francisco, apresentando muitas belezas naturais: mata atlântica, córregos, rios e trilhas. podemos do alto da serra avistar numa altitude de 640 metros, todo o vale e o litoral - conforme afirmou a gestora ambiental Márcia Freitas da secretaria da cidade sustentável. 

Na terceira edição deste ano "Espraiado de Portas Abertas", realizada no domingo dia (05), comparado com as edições anteriores houve um aumento de 40% nas vendas, com mais de mil visitantes que consumiram nos botecos, restaurantes e propriedades, movimentando a economia e gerando mais renda aos produtores rurais. promovido pela prefeitura de Maricá através da secretaria de turismo em parceria com associação de moradores e amigos do espraiado. O subsecretario de turismo Welton Campello afirma, este evento acontece a cada dois meses, e nesta edição elegemos o guandu como prato principal,tendo em vista que este é um elemento da cultura local, que envolve a comunidade desde o plantio até debulha.

Ao longo dos oito quilômetros do circuito do espraiado, os turistas apreciaram uma área rural com:Fazendas, sítios, botecos, capelas religiosas, clube de aeromodelismo, moradores ilustres e a propriedade de Madeleine Colaço, tapeceira conhecida internacionalmente. O coordenador de eventos da secretaria de turismo, Elson Ribeiro, declarou que muitos turistas tiveram a oportunidade de degustar variadas receitas com guandu, além de curtirem uma boa música popular brasileira com apresentação de músicos da região.

Alessandro Souza, proprietário do centro de treinamento e turismo equestre horse center, e presidente da associação dos moradores do espraiado, relatou que o evento atrai muitos turistas, incluindo famílias, isso aumenta o movimento consideravelmente com as ações do turismo rural, refletindo maior faturamento do circuito do Espraiado. Nesta edição, servimos guandu com carne seca, além deste prato, reunimos os chefes renomados dos restaurantes de Maricá, que prepararam o arroz com carneiro, apreciado por todos como um dos melhores pratos da gastronomia rural.

O sítio do Riacho, um dos equipamentos turísticos aprazível e elegante do circuito, tendo como proprietária Regina Sebould, uma das mentoras do "Espraiado de Portas Abertas", apresentou uma culinária de vários pratos de guandu e comida vegana, ela destacou que o circuito e o evento completarão dez anos em dezembro, e acontecerá uma edição especial. Na época das cheias do rio caranguejo,suas águas se espraiavam por toda localidade, assim denominou-se a região com nome Espraiado. O circuito promove o turismo consciente e sustentável finaliza Regina Sebould. 

 

   



Website: http://www.facebook.com.br/espraiadodeportasaberta