É preciso quebrar o paradigma de que boteco é lugar de homem. As mulheres também frequentam, gostam de beber e bater papo. Para se ter ideia, dos fãs que curtem a página do Boteco do Neco no Facebook, 70% são mulheres; os homens, 30%.

A consultora Franciele Gonçalves da Silva diz que gosta de frequentar o Boteco do Neco porque sente como se estivesse em casa. ''É como se eu fosse jantar na casa da minha mãe. Tenho muita tranquilidade. Geralmente, vou com a família e para fazer uma happy hour com os amigos'', afirma.

Ela revela que não abre mão de um chope gelado e da cerveja artesanal Colorado. ''Indico o Boteco para amigos e parentes. Para quem gosta de um lugar sem tumulto e momento em família, lá é ideal.''

A turismóloga Thaíse Bueno acha o ambiente descontraído. ''Vou em busca de caipirinha de maracujá, limão e gengibre. Sempre que posso, indico para grupos do trabalho", diz. Ela acrescenta que também vai ao bar para degustar o famoso bolinho de feijoada.

Gastronomia

Segundo a proprietária do Boteco do Neco, Deborah Kemmer, quem frequenta o estabelecimento preza por uma excelente gastronomia. Aliás, o Boteco do Neco ganhou por dois anos consecutivos o selo de qualidade de turismo no Paraná, na categoria gastronomia. ''O estômago é o nosso ponto fraco. Gostamos de comer bem e bastante. Gostamos, inclusive, de nos sentir em casa. Nosso clima é aconchegante, nossa produção é artesanal. Nossa entrega é farta, nosso jeito é único. Mais amor e mais boteco, por favor.''

A assistente social Maria Cristina Cunha acredita que o Boteco é um lugar diferente que só existe em Maringá. ''Gosto da comida de lá, do atendimento eficiente. Todos os pratos são bons e elaborados. É um ótimo atrativo de comida de bar. O bolinho de feijoada, com certeza, é o campeão da casa'', relata.

Para a consultora Patrícia Fernandes Santini, que frequenta o lugar duas vezes no mês, o Boteco tem uma alma própria e é destaque na cultura e criatividade. ''Trago muita gente de fora para palestras e escolho o Boteco do Neco para fazer reunião de trabalho. Fico encantada.''

BOTECO DO NECO
Av. Tiradentes, 133.
Quando: segunda a quinta: 18h à 0h. Sábado: 12h à 01h. Sexta a domingo: 17 à 01h. Tel: 3269- 1588.

MERCADÃO DE MARINGÁ
AV. Prudente de Morais, 601.
Terça a sábado: 11h30 às 23h30. Domingo: 11h30 às 22h
Tel: 3354-4300

 

Divulgação
AGORA QUE SÃO ELAS. As consultoras Franciele Gonçalves da Silva (à esquerda) e Patrícia Fernandes Santini (à direita) são clientes assíduas do bar comandado por Deborah Kemmer (centro). — J.C. FRAGOSO

 

 

VEJA TAMBÉM