Divulgação
DA TERRINHA. Arroz de Braga, um dos principais pratos típicos da Festa Portuguesa


Gastronomia é a arte da culinária e dos prazeres. Um talento que envolve cultura, técnicas e especialidades. Algo que é passado de gerações em gerações. Reinventado e reconhecido através dos tempos. O legado dos povos e a herança deles. As vastas culturas gastronômicas não se limitam aos territórios, são capazes de conquistar o mundo.

Em Maringá, o Centro Português realiza há 48 anos a tradicional Festa Portuguesa. Comemorada sempre entre junho e julho, devido ao Dia de Portugal, da morte do poeta Luís Camões e das comunidades portuguesas, além do aniversário do clube. As quatro celebrações são no mesmo dia (10/6). A festa começou na sexta-feira (2) e aqueles que querem apreciá-la têm até o final de julho – confira abaixo o serviço da festa. São 58 dias marcados pela culinária lusitana, com pratos representativos e ricos, feitos a partir de receitas originais.

Poucos são aqueles que não se deleitam diante dos diversos sabores que o cardápio oferece, como bacalhau assado ao forno (R$ 95, para duas pessoas) e na brasa (R$ 100, para duas pessoas), arroz de Braga (R$ 45, para duas pessoas), sardinha na brasa (R$ 4, individual), o tradicional bolinho de bacalhau (R$ 5, individual) e os doces portugueses. Em Portugal, o bacalhau é um dos alimentos mais famosos do país. Durante toda a Festa Portuguesa, de 2 a 3 mil quilos de bacalhau do Porto são consumidos.

Divulgação
SABOROSA. Sardinha na brasa, uma das opções do cardápio: R$ 4 a unidade


Resgatando a tradição e as memórias portuguesas, grupos de danças folclóricos invadem o clube lusitano e conquistam as noites de sextas e sábados, entre as 19h30 e às 23h. Enquanto a coreografia é admirada, os vinhos e acepipes podem ser saboreados. Rótulos chilenos (Concha y Toro) e portugueses (Calamares; Casal Garcia e Periquita) são servidos em garrafa e os nacionais (Frisante e Tradição), em taça. Os valores variam de R$ 40 a R$ 70, de acordo com a garrafa. Além de vinhos, há cervejas de 600 ml nacionais (Skol, Brahma, Burguesa puro malte), além de opções de cervejas sem álcool, refrigerantes e água.

Os visitantes também podem degustar espetinhos (carne bovina e de frango, R$ 4, individual) e porção de frango a passarinho (R$ 25, para duas pessoas). Além dos pratos salgados, as sobremesas que compõem o cardápio têm sotaque português. Das seis opções, as mais tradicionais e pedidas são os pastéis de Belém e folhados de Leiria. A partir de receitas clássicas, os doces são preparados por um casal português que mora na Cidade Canção há cinco anos.

Não é preciso ir longe para encontrar um ambiente temático e repleto de riqueza cultural. O salão, de 600 metros, é capaz de reunir o presente, o passado e pessoas que valorizam as artes da vida.

FESTA PORTUGUESA
Onde:
Rua Luiz de Camões, 135, na Zona 1.
Até: 29/7.
Horários: sexta e sábado, das 19h30 às 23h
Entrada: grátis.
Telefone: (44) 3224-5273

Divulgação
CLÁSSICO. Bacalhau, servido no evento: carro-chefe da gastronomia lusitana
 

VEJA TAMBÉM